©
Eu sou um bocado sensível demais… - Clarice Lispector.   (via romantizar)
Acredite ou não, eu venho tentando te esquecer, só que ainda está difícil, depois que te deletei de todas as redes sociais, eu deixei de ouvir a nossa música, parei de assistir o nosso seriado favorito, evitei falar seu nome e até exclui amigos em comum que me faziam lembrar de você, mas não adiantou, porque quando eu olho no espelho e me vejo, eu lembro que fui uma das pessoas que você mais amou, alguém que você disse que era especial, alguém que você fez acreditar que o “para sempre” existia. Acho que não adianta fugir disso. Depois que o “amor” acaba de um lado, o outro sempre sai machucado e só me resta a esperança de que um dia você seja apenas uma vaga lembrança, vazia e sem significado algum. - Rodrigo Muniz.   (via reverenciador)
Ainda dá tempo de tirar as sandálias e andar descalço sobre a areia, de crer naquela vida de paz que eu sei que você já sonhou, de perdoar o que você julga imperdoável, de construir amizades incríveis e de se aproximar dos amigos antigos, tirar a tristeza, dor ou qualquer angústia do peito e de respirar fundo, bem fundo, fazer planos pro seu futuro e construí-lo de seu jeito, dizer adeus para aquele maldito nó na garganta, olhar para uma janela chamada futuro e fechar de vez a janela do que passou. E por fim não menos importante, dá tempo de se agarrar a esperança de que sim, é possível ser feliz, mesmo que seja em momentos, mesmo que ela venha e vá repetidas vezes de forma que você nem perceba ou não entenda. Lembre-se de que na vida você não pode pensar muito, as oportunidades passam rápido, as pessoas vão embora ou morrem, quase sempre sem chances de despedidas, dê seus beijos, dê seus abraços, peça perdão ou perdoe, se te fizer bem, chora, mas viva, seja importante para você mesmo, te permita, seja feliz. - Rodrigo Muniz.   (via reverenciador)
Não há nada mais simples, mais forte ou que tenha mais significado do que a frase “eu te amo”. - Rodrigo Muniz.   (via reverenciador)
A pior tortura do passado, não é lembrar que um dia você sofreu, é se dar conta de que um dia você foi feliz e que aqueles bons momentos não voltam mais. - Rodrigo Muniz.  (via reverenciador)
Minha solidão, é falta de compreensão das pessoas. - A Solidão de James.   (via absurdeza)
Estava chorando. O tipo de choro que é silencioso e secreto. O tipo de choro que só eu percebia. - (via reverenciador)
Poderíamos até tentar se você quiser, mas seria em vão. Nada volta a ser como antes. - Marcello Henrique.
(via sou-inseguro)
Não há nada como a respiração profunda depois de dar uma gargalhada. Nada no mundo se compara à barriga dolorida pelas razões certas. - As Vantagens de ser Invisível. (via jadsonlemos)
Quando não se tem mais nada, não se perde nada. - Nando Reis.   (via cinzasdeanjo)